Boiadeiros na Umbanda – Origens, oferendas

Boiadeiros na Umbanda – Origens, oferendas.

“Seu Boiadeiro, olha que linda boiada,
Mas ele é seu Boiadeiro minha gente!
Ele é nosso camarada!”

São espíritos que incorporam como caboclos, mestiços e vaqueiros. Grandes mestres juremeiros, muitos com conhecimento de magia da nação Banto, Congo e Angola, talvez alguns Tata J’inkinsi desencarnados. No candomblé de caboclo tive a oportunidade de participar de festas de caboclos onde se canta a jurema, e podemos curiar da bebida sagrada.

Este culto assim como o dos caboclos e o culto à malandragem na Umbanda, possui semelhanças com o catimbó e a jurema. Os boiadeiros vêm brincar, cantar, rir, dançar, curar e aconselhar os fiéis, diferente da incorporação em boa parte das Umbandas antigas onde esta entidade se apresenta séria e de poucas palavras.

A maior parte dos boiadeiros gostam de cigarros de palha, cigarros sem filtro e charuto. A bebida que a maioria de nós conhece é a meladinha (cachaça com mel ou melado de cana), já estive em casas que ofereciam leite, vinho, caldo de cana e etc.

As oferendas aos caboclos boiadeiros podem ser :

  • Frutas
  • Rapaduras e amendoim torrado.
  • Abóbora cozida com farofa de torresmos.
  • Aipim cozido com carne seca desfiada por cima.
  • feijão branco com linguiça, bacon, toucinho.
  • Uma farofa de carne seca com alho, cebola, linguiça, feijão de corda.
  • Carne de boi com feijão tropeiro, feijão de corda ou feijão cavalo.
  • Feijão de corda refogado no dendê com cebola e alho.
  • Cozido de abóbora com linguiça, bacon, toucinho, maxixe, carne seca…
  • Pé-de-moleque, pedaços de cana e rapaduras.
  • Churrasco.

Oferenda:
Toalha ou um pano (branco, vermelho, amarelo, azul escuro, marrom)
Velas (branca, vermelha, amarela, azul escuro, marrom)
Fitas (branca, vermelha, amarela, azul escuro, marrom)
Linhas (branca, vermelha, amarela, azul escuro, marrom)
Pembas (branca, vermelha, amarela, azul escuro, marrom)
Frutas (todas)
Bebidas (vinho seco, aguardente, batidas, conhaque, licores)
Flores (do campo, palmas, cravos)
Comidas (feijoada, charque bem cozido, bolos)

Oferenda ao Caboclo Boiadeiro

Material
1 pedaço de carne assada na brasa
Farofa de milho amarela (farinha misturada com um pouco de azeite e carne desfiada, temperada com sal e cheiro verde picado)
Vinho licoroso doce
1 prato de alumínio
7 moedas douradas ( lavadas e secas )
1 caneca esmaltada
7 velas amarelas

Modo de preparo:
Coloque a farofa no prato com a carne assada por cima. Encha a caneca de vinho colocando ao lado. Acenda as velas ao redor, passe as moedas simbolicamente pelo corpo de baixo para cima fazendo seus pedidos aos caboclos boiadeiros e coloque ao redor do prato. Saude o caboclo boiadeiro 7 vezes. Faça seus pedidos e orações.

Oferenda para os boiadeiros

Material:
7 frutas doces (lavadas e secas)
7 cocadas
7 pés de moleque
7 pedaços de bolo de fubá
7 cigarros de palha
7 velas amarelas
1 pão de milho
7 folhas de louro
7 espigas de trigo secas
1 copo de barro
Vinho licoroso doce
1 alguidar

Modo de preparo:
Coloque as frutas, as cocadas, os pés de moleque, o bolo, o pão no alguidar. Enfeite com as folhas de louro e as espigas de trigo secas. Passe o alguidar simbolicamente de baixo para cima fazendo seus pedidos aos caboclos boiadeiros. Acenda as velas e coloque o copo com vinho ao lado. Saude os caboclos boiadeiros 7 vezes. Faça seus pedidos e orações.

Oferenda aos boiadeiros

Material:
1 prato de barro grande
7 cocadas pretas
7 pedaços de rapadura
7 pedaços de cana de açúcar sem casca
7 cigarros de palha
Fumo de rolo desfiado
1 copo de barro
Vinho tinto doce
7 pés de moleque
1 pedaço de goiabada
1 maça
1 pêra
1 laranja lima
1 cacho de uvas
1 pão
1 vela verde
1 vela branca
1 vela amarela
1 laço de boiadeiro

Modo de preparo:
Coloque todas as comidas no prato, passe o prato simbolicamente pelo corpo de baixo para cima, fazendo seus pedidos ao caboclo boiadeiro, coloque o prato no chão. Encha o copo com vinho e acenda as velas em volta. Saude o caboclo boiadeiro 7 vezes fazendo seus pedidos e orações.

Obs.: as oferendas aos boiadeiros devem ser feitos próximo a fazendas, porteiras, campos e pastos onde haja gado. Não podendo ser feito nesses locais, pode se feito em matas abertas ou beira de rio.


Alguns nomes mais conhecidos são:

Boiadeiro Navizala
Boiadeiro da Jurema
Boiadeiro Menino
Boiadeiro do Sertão
Boiadeiro da campina
Boiadeiro do lajedo
Boiadeiro da senzala
Boiadeiro sete laços
Boiadeiro Riachão
Boiadeiro João Mineiro
Boiadeiro laçador
Boiadeiro Zé Mineiro
Boiadeiro Chapéu de couro
Boiadeiro Chapéu de palha
Boiadeiro do Ingá
Boiadeiro do rio
Boiadeiro da estrada
Boiadeiro das sete encruzilhadas
Boiadeira Jussara
Boiadeira Zeferina
Boiadeiro Capineiro
Boiadeiro Chapadão
Boiadeiro da serra
Boiadeiro Venâncio
Boiadeiro das almas

Elementos que podem ser usados para o assentamento ou imantação do seu caboclo boiadeiro:

Cabaça, alguidar, vaso de planta, panela de ferro ou panela de barro.
Ervas: tabaco,cana-de-açúcar e café.
Erva da jurema
Uma Ferradura usada
Otá
Estrela de cinco pontas (Símbolo da vitalidade, e da Umbanda)
Um imã de ferradura
Rabo de cavalo
Chifres de boi
Tira de couro (ou guia de couro)
Laço ou corda de cisal
Dois olhos de boi
Sete metais (Ouro, prata, cobre, estanho chumbo, ferro, latão)
O ponto riscado em ferro, madeira, ou riscado em pemba para soprar por cima do assentamento.
Moedas
Fava divina
Vinho
Caldo de cana
Orobô (pacto com ancestrais)

Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
Telefone: (44) 3O34-5827 (44) 99956-8463
Consultas Somente com Hora Marcada.
Atendimento: de Segunda a sexta-feira
Das 09:00 as 19:00 horas.
Não damos consultas:
via whatsapp ou via E-mail, mensagens de celular.

 

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.